Blog BIO ACS é vida.

GRUPO A CATEGORIA EM 1º LUGAR

Companheiros Participe do nosso Blog e Sejam Bem Vindos !

ACESSOS ONLINE

VISITAS ONLINE

Total de Acessos em Nosso Blog BIO ACS é Vida.

COMUNICAÇÃO

COMUNICAÇÃO

ASSOCIAÇÃO


PISO

PISO
REAJUSTE JÁ

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

AGENTES DE SAÚDE TENTAM EVITAR NOVOS CASOS DE LEISHMANIOSE VISCERAL.

Calazar: bairro receberá oito agentes de saúde
Agentes devem atuar no bairro em que dois jovens morreram.

A Prefeitura de Santarém-PA, deve encaminhar oito agentes comunitários de saúde para atuar no bairro Aeroporto Velho nos próximos dias. Os agentes foram aprovados em concurso público e estão resolvendo questões burocráticas para tomar posse.

A ação visa evitar novos casos de leishmaniose visceral, popularmente conhecida como calazar.

A doença já matou dois jovens em três anos na rua Magnólia, localizada naquele bairro. O primeiro foi um adolescente de 13 anos, em 2010. O segundo foi um bebê de sete meses, na última sexta-feira (1º).

Neste último caso, a criança Thayla Cristina morreu uma hora antes de ser transferida do Hospital Municipal de Santarém (HMS) para o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA). De acordo com a Prefeitura de Santarém, a solicitação de leito foi atendida em tempo hábil. Assim que uma paciente da UTI pediátrica do HRBA teve alta, o leito ficou vago e deveria passar por limpeza para receber o bebê. Nesse período de limpeza do leito no HRBA, todos os procedimentos médicos necessários foram prestados no HMS.

A criança foi levada para a sala de reanimação pediátrica do Hospital Municipal que possui todo o suporte necessário para atendimento até o momento de transferência para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Contudo, como o quadro clínico da paciente se agravou rapidamente, infelizmente não resistiu. Dentre outros fatores relacionados à patologia, se tratava de uma criança com menos de 1 ano de idade, que neste caso apresenta baixa imunidade.

As ações de combate à doença em Santarém estão prejudicadas pela falta de estrutura do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). 

As grades do canil estão enferrujadas e o lugar não tem piso adequado. Dois veículos utilizados nas ocorrências estão parados, um deles com o pneu furado. Das duas carrocinhas utilizadas para capturar os cachorros, uma delas funciona de forma improvisada. Os animais apreendidos, a maioria portadora de alguma doença, ficam misturados e recebem os atendimentos dentro da jaula.


Imagem: Reprodução/TV Tapajós




Imagem: Reprodução/TV Tapajós




Imagem: Reprodução/TV Tapajós


A Secretaria Municipal de Saúde orienta os donos de cães para a limpeza dos quintais e a entrega dos animais doentes para sacrifício.


FONTE: NOTAPAJOS.

Nenhum comentário: