Blog BIO ACS é vida.

GRUPO A CATEGORIA EM 1º LUGAR

Companheiros Participe do nosso Blog e Sejam Bem Vindos !

ACESSOS ONLINE

VISITAS ONLINE

Total de Acessos em Nosso Blog BIO ACS é Vida.

COMUNICAÇÃO

COMUNICAÇÃO

ASSOCIAÇÃO


PISO

PISO
REAJUSTE JÁ

quarta-feira, 10 de abril de 2013

AGENTES DE SAÚDE RECLAMAM DE ATRASO EM SALÁRIO.

Diretor diz que profissionais não aguentam mais os atrasos
Diretor diz que profissionais não aguentam mais os atrasos
Crédito: Reprodução/FS

“Há quatro anos nós não recebemos o pagamento na data estabelecida”, declarou o presidente do Sindacs-RS.


Alguns profissionais do setor da saúde, que são remunerados pela Prefeitura Municipal, através da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), estavam com os seus salários atrasados até a última segunda-feira. A remuneração devia ter sido repassada até o 5º dia útil do mês, ou seja, sexta-feira, mas não ocorreu. Apesar de poucos dias de atraso, a reivindicação do Sindicato dos Agentes Comunitário de Saúde do Rio Grande do Sul (Sindacs/RS) se dá pelo fato da persistência desse atraso, que, conforme relato do diretor estadual, Paulo César Veiga, se dá há quatro anos.


O sindicalista informou que, em contato com a Urcamp, que faz o repasse, foi informado que o cheque para o pagamento dos profissionais constava o valor inferior ao que deveria ser pago. “Há quatro anos passamos por isso, o problema só foi resolvido durante o período eleitoral, em que muitas vezes recebemos antes do dia designado”, diz. Mas Veiga expõe que o fato do constante atraso também pode ter relação com a troca de escritório de contabilidade feito pela universidade. “Ultimamente, a Urcamp trocou três vezes de escritório de contabilidade. Pode ser que tenha dado um problema na folha de pagamento”, destaca.

Ele conta que médicos, enfermeiros, trabalhadores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), recepcionistas e agentes passam por dificuldades, já que não conseguem pagar as contas com as quais se comprometem. “As pessoas já colocam o vencimento para o dia 10 e, mesmo assim, não conseguem quitar na data prevista. Temos que pagar juros no cartão de crédito”, explica.

A universidade faz o repasse para os profissionais graças a um convênio que foi estabelecido com o Poder Público, em 2008. “O contrato foi feito, pois, na época, a universidade seria federalizada. Como tinha a necessidade de terceirizar esse serviço, foi determinado que o pagamento fosse depositado pela Urcamp”, conta.

De acordo com a reitora da universidade, Lia Quintana, a Urcamp não se manifesta sobre a questão, pois só faz o repasse do valor aos profissionais. Mas ela garantiu o que foi confirmado pelo diretor do sindicato, que o pagamento entrou na conta dos profissionais ontem à tarde.


A Secretaria Municipal da Fazenda não quis se manifestar sobre o caso, portanto, as dúvidas de que o cheque seria de valor inferior ao determinado e de que os atrasos acontecem há quatro anos, não foram sanadas. A secretária de Saúde do município, Aura Stela Pereira, afirmou que o pagamento foi feito no valor correto e que os problemas de atraso serão resolvidos quando os funcionários forem pagos diretamente pela Prefeitura.


FONTE: FOLHA DO SUL GAÚCHO.

Nenhum comentário: