Blog BIO ACS é vida.

GRUPO A CATEGORIA EM 1º LUGAR

Companheiros Participe do nosso Blog e Sejam Bem Vindos !

COMUNICAÇÃO

COMUNICAÇÃO

AGENTE LUTA

AGENTE LUTA
A LUTA É MINHA, A LUTA É SUA, A LUTA É NOSSA !!!

ESTA MINHA , ESTA LUTA É SUA, ESTA LUTA É NOSSA !!!

ESTA MINHA , ESTA LUTA É SUA, ESTA LUTA É NOSSA !!!

ASSOCIAÇÃO


quarta-feira, 5 de março de 2014

AGENTES DE SAÚDE PODEM TRABALHAR 6 HORAS DIÁRIA.



O prefeito de Americana-SP, Diego De Nadai, anunciou no Centro de Cultura e Lazer, a redução de carga horária para os agentes de controle de vetores, agente de promoção em saúde, agentes de saúde, agentes de saúde comunitário e visitador sanitário. O Projeto de Lei será enviado para a aprovação dos vereadores.

Com a medida, 131 servidores passarão a ter a carga horária de 6 horas diárias ante as 8 horas trabalhadas. Trata-se da alteração das disposições  da Lei nº 5.120 de dezembro de 2010.  A nova jornada de trabalho passa a vigorar a partir de 1º de maio. A princípio, não será necessário contratar mais profissionais e não haverá prejuízo nos salários e nem nos serviços prestados por esses agentes à população.
 
Diego anunciou também que a redução da jornada de trabalho vai abranger outras categorias como, por exemplo, a de enfermagem. O anúncio está previsto para 12 de março. “Cabe à Administração tentar fazer tudo o que pudermos para melhorar a qualidade do trabalho dos servidores municipais. Depois da greve dos servidores, aprendi muito com as dificuldades e entendi que o diálogo com o trabalhador é essencial. Procurei ouvir os servidores para poder planejar os benefícios”, falou. Para ele, sem trabalhadores motivados, não há qualidade nos serviços. “Faz parte dos nossos trabalhos estudar a redução da carga horária de vários servidores. O anúncio de hoje é um grande avanço. É possível reduzir jornada, melhorar a qualidade de trabalho e, ao mesmo tempo, não reduzir a produtividade”.
 
Para a adoção da redução da jornada, o prefeito levou em consideração o fato de que esses trabalhadores atuam expostos a chuva, vento, frio e sol. O objetivo é oferecer melhores condições de saúde e mais dignidade a esses servidores públicos.
 
“Nossa equipe não esquece o servidor público. Junto ao Sindicato, viu a necessidade de cada servidor e abriu um canal de diálogo e está colocando em prática a redução da jornada. Precisamos de servidores motivados e que trabalhem com qualidade para atender bem a população. Esse projeto de lei é a demonstração do trabalho em rede e a maior beneficiada será a população de Americana que terá total atenção das nossas equipes”, mencionou o secretário de Saúde, Fabrizio Bordon.
 
Davi Ramos, secretário de Habitação e articulador junto ao Sindicato, falou sobre a responsabilidade de dialogar com Sindicato sobre a redução de carga horária. “A luta do movimento sindical tem olhar não só para a questão econômica, mas ao direito ao lazer. Temos a obrigação de batalhar por aqueles que atuam num serviço público com mais dedicação levando qualidade de vida para a população. O trabalho é muito penoso, pois eles atuam nas ruas sob sol e chuva”. Ele acrescentou que a assinatura do projeto de lei reforça que essa Administração pratica a jornada reduzida. “Os servidores públicos são o cartão de visitas da qualidade de vida que tem a população da nossa cidade”, mencionou.
 
Talitha De Nadai, secretária de Ação Social, que também auxiliou nos trabalhos para a realização do projeto de lei, comentou que o anúncio é um esforço do trabalho e cuidado com as famílias desses servidores. “Sabemos do empenho de cada um com o ofício e com a família. É uma conquista merecida e estamos fazendo o que é justo. Muitos servidores ainda serão contemplados”, frisou.
 
O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Americana (SSPMA), Antonio Adilson Bassan Forti, disse, no anúncio, que há tempos esse benefício está tentando ser alcançado. “Esses profissionais atuam sob sol e chuva com dedicação e competência e a Administração pública em conjunto com o Sindicado conseguiu a redução da jornada”, comentou. Toninho agradeceu ao prefeito Diego De Nadai e mencionou o fato dele ter tido a sensibilidade de colocar Davi Ramos, secretário de Habitação, para discutir o assunto. “Ele sabe da problemática que nossos servidores enfrentam. A Talitha também é uma pessoa engajada e apoiou os agentes para conseguir o feito”, acrescentou.


 
Fonte: U de I/AM.

2 comentários:

รнαмdяσ รнαмz disse...

A verdade é que nenhum ACS faz 8 horas de visitas, onde eu moro o povo costuma acordar a partir das 9, e também no horário do almoço é meio complicado de visitar.

thiaguinho sem comparações disse...

AGORA BIO TEMOS QUE LUTAR PELO O CARGO DE PLANO DE CARREIRA DOS ACS!TEM MUITOS ACS FORMADO EM BACHAREL ENFERMAGEM E CONTINUA COMO ACS, SOU ACS DESDE O ANO DE 2001, E SOU FORMADA EM BACHAREL ENFERMAGEM,PÓS GRADUADA EM SAÚDE PUBLICA!!!!PARABÉNS PELO BLOG!! POIS É ATRÁVES DELE QUE NOS MANTEM INFORMADOS.ABRAÇO!!!!!!!!!!!